MPB | sábado, 17 de outubro. 21h

Maria Rita

MPB | Temporada de 17 de out a 17 de Out

Maria Rita

Ingressos a partir de
R$70 (meia) e R$140 (inteira)

Sábado, 17 de outubro às 21h
Abertura da casa às 19h

Gênero
MPB

Classificação Etária
18 anos

Horários

  • sábado, 17 de outubro, 21h Comprar

Maria Rita

COMUNICADO DE ADIAMENTO

De acordo com a determinação dos Governos Municipal e Estadual, e em linha com as políticas de prevenção da propagação do novo Coronavírus (COVID-19), que visam o bem-estar e a saúde do público, o Vivo Rio adiou o show da Maria Rita, que aconteceria no dia 4 de julho, para o dia 17 de OUTUBRO de 2020.

Os ingressos comprados serão válido para a nova data. As mesas continuarão as mesmas.

No momento, não realizaremos reembolsos de valores de ingressos, nos termos da Medida Provisória nº 948, de 8 de abril de 2020, ficando os ingressos válidos para as novas datas a serem divulgadas. Acompanhe a nova agenda clicando aqui.

Assim que as coisas voltarem ao normal, estaremos juntos para celebrar a nossa cultura e o entretenimento com a melhor programação que o Vivo Rio poderá lhe proporcionar.

Até lá, se puder, fique em casa.

Leia o texto integral da MP 948 clicando aqui.

Voz : Piano

Maria Rita

Depois de encerrar a turnê de “Amor e Música”, oitavo álbum de sua carreira, lançado no início de 2018, Maria Rita segue na estrada com o projeto paralelo de voz e piano. Enquanto o espetáculo do último disco era pautado majoritariamente no samba, neste formato de duo a cantora leva ao palco – acompanhada de Rannieri Oliveira – arranjos mais intimistas, em que contempla os mais variados gêneros, que vão do baião ao jazz. O repertório inclui sucessos de seus primeiros álbuns, como “Cara Valente”, “Pagu” e “Num Corpo Só”, além de releituras de clássicos, como “Grito de Alerta”, de Gonzaguinha, “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga, e “Romaria”, famosa na voz de Elis Regina, entre outras.

Sobre Maria Rita

Uma das maiores e mais premiadas vozes da música brasileira, Maria Rita começou a cantar profissionalmente aos 24 anos. Filha da cantora Elis Regina e do músico César Camargo Mariano, ela entrou no mercado fonográfico de forma arrebatadora, vendendo um milhão de cópias de seu disco de estreia, “Maria Rita” (2003), que rendeu a ela três Grammy Latino, nas categorias Melhor Álbum de MPB, Melhor Canção em Português (“A festa”) e de Revelação do Ano – a única artista do país até hoje a vencer um troféu nesta categoria. De lá para cá, depois de oito trabalhos de estúdio e cinco DVDs – vários deles, de platina – recebeu outros quatro gramofones da prestigiosa premiação, o mais recente em 2018, o de Melhor Álbum de Samba, com “Amor e Música”, além de acumular uma vasta coleção de prêmios em outras cerimônias, como o Multishow, APCA, entre outros.

00 00 00 00

Vem aí

Agenda Faça seu evento