00 00 00 00
Rock | sábado, 23 de junho. 22h

CALL THE POLICE

Rock | Temporada de 23 de jun a 23 de Jun

CALL THE POLICE

Ingressos a partir
de R$80,00

Sábado, 23 de junho às 22h
Abertura da casa às 20h

Gênero Musical
MPB

Classificação-etária
18 anos

Horários

  • sábado, 23 de junho, 22h Comprar

Depois do grande sucesso da turnê em 2017

O retorno de Call The Police

O baixista, compositor e cantor Rodrigo Santos, ex-Barão Vermelho e o lendário guitarrista inglês Andy Summers, do The Police, se conheceram no Rio de Janeiro em 2014, através do empresário Luiz Paulo Assunção, agente de ambos. Iniciaram uma amizade musical que virou parceria em várias apresentações que mesclavam hits de suas bandas de origem e da carreira solo de Rodrigo.

Em 2017 Summers e Rodrigo convidaram um dos mais renomados bateristas do país, João Barone do Paralamas do Sucesso, para dividir o palco. Foi ele quem sugeriu o título Call the Police. “Será uma oportunidade incrível poder tocar com uma lenda da guitarra como Andy Summers, e com Rodrigo, que está surpreendendo na tarefa de cantar o repertório clássico do The Police. Muito além de qualquer coisa, fica o nosso imenso respeito e agradecimento ao Andy, Stewart e Sting, por tudo o que fizeram de bom pela música. A obra do The Police está no hall da fama do rock”, define Barone.


O repertório promete hits como: “So Lonely”, “Every Breath You Take”, “Message in a Bottle”, “Roxanne”, “Every Little Thing She Does Is Magic”, entre outras surpresas. “É uma dádiva poder tocar e ser amigo de um ídolo de uma das maiores bandas da história. E esse cara está conosco, se divertindo, curtindo, querendo nos levar para vários países do mundo. Nos escolheu para sermos a turma oficial que vai rodar o planeta tocando The Police”, festeja Rodrigo.

Guitarrista do The Police

Andy Summers

Um fã incondicional da musica brasileira, ele já gravou e dividiu o palco com artistas como: Roberto Menescal, Gilberto Gil e Victor Biglione entre outros. Andy foi considerado um dos maiores guitarrista de todos os tempos pela revista Guitar Player. Ao lado de Stuart Copeland e Sting, ele fez parte de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, o “ The Police”, com mais de 60 milhões de cópias e ganhador de vários Grammys. Andy, já emprestou seu talento também a artistas como : Robert Fripp e o grupo The Animals. Em 2016 ele lançou o documentário “ Can’t Stand Losing You”, que foi premiado por vários festivais de cinema pelo mundo, relatando a história da banda inglesa.

Baterista do Paralamas do Sucesso

João Barone

Integrante e fundador dos Paralamas do Sucesso, começou sua carreira como baterista na banda, inicialmente considerada pela crítica musical como o The Police brasileiro, muito em função da maneira como João Barone emulava o estilo do baterista inglês Stewart Copeland. Em várias ocasiões Barone cruzou com os ídolos, como em 2007, quando Os Paralamas abriram para o show do The Police no Maracanã, e em 2011, no Festival PercPan, em São Paulo, quando o baterista brasileiro foi convidado a acompanhar Copeland em um show com um grupo folclórico italiano.


Ex- baixista do Barão Vermelho

Rodrigo Santos

Depois de dedicar 25 anos como baixista do Barão vermelho, Rodrigo se desligou da banda em novembro de 2017, para dedicar a sua sólida carreira solo a frente da sua banda “ Rodrigo Santos e os Lenhadores” e também a inúmeros projetos especiais. Ele já tocou com grandes nomes do rock brasileiro, como: Kid Abelha, Lobão, João Penca, Leo Jayme e Miquinhos Amestrados, entre outros. No final de 2015 lançou a biografia “Cara a cara”, escrita em colaboração com Roberto Pugialli, com prefácio de Roberto Frejat e depoimentos de amigos como Leo Jaime e Liminha. Rodrigo é considerado por Andy Summers, um dos maiores artistas com quem já trabalhou. Com mais de 7 Cds gravados e dois DVDs, Rodrigo faz parte sem duvida da história do Rock Brasileiro.

00 00 00 00

Vem aí

Agenda Faça seu evento